CP GNRC N16: Grupo Global de Católicos dá as boas-vindas à recente notícia onde o Papa Francisco indicou que “os casais homossexuais merecem proteção legal para as suas relações”

A Rede Global de Católicos Arco-íris apoia o Papa Francisco e os seus comentários relacionados para apoiar as uniões do mesmo género.

English / Español / Portugues / Chinese / Français / Italian

21 de outubro de 2020. A Rede Global de Católicos Arco-íris (GNRC), que representa  mais de quarenta organizações dos cinco continentes, recebeu com agrado as notícias sobre os recentes comentários do Papa Francisco em apoio das uniões do mesmo género num  documentário que ainda não estreou.

O Codiretor da GNRC Chris Vella, a partir de Malta, declarou: “É um passo positivo na direção correta que o Papa Francisco tenha feito comentários que apoiam a legalização das uniões civis para casais do mesmo sexo. É até certo ponto, inovador, tendo em conta que a Igreja ainda considera que a homossexualidade é um “trastorno intrínseco” e até agora descartou qualquer forma de reconhecimento das relações entre pessoas do mesmo sexo. Resta ainda ver como responderá o braço institucional da Igreja à liderança do Papa nesta questão.”

A Codiretora Ruby Almeida, a partir de Londres, indicou: “As numerosas declarações de condenação, negativas e destrutivas, realizadas recentemente por vários bispos dos EUA e Polónia sobre as pessoas LGBTIQ deixaram a nossa comunidade ferida e violentada. Portanto, esta é uma boa notícia. Sabendo também que o Papa Francisco já fez previamente várias declarações positivas e afirmativas sobre a comunidade LGBTIQ ao longo dos anos. Isto alinha-se muito bem com alguns bispos alemães que também apoiaram e, de facto, lideraram o caminho ao oferecer bênçãos para as uniões do mesmo género. Em muitos sentidos, parece que o Natal chegou cedo para as nossas comunidades”.

Contudo, Vella, que se encontra casado civilmente com o seu companheiro do mesmo sexo, também aconselha cautela: “Dentro de toda esta euforia, devemos ser cautelosamente otimistas com esta notícia. O documentário ‘Francesco’ ainda não estreou em todo o mundo, pelo que não sabemos exatamente o que disse o Papa e em que contexto foram ditas as suas palavras”.

Vella continua: “Como homem casado num matrimónio civil entre pessoas do mesmo sexo desde 2018, olho com esperança para um futuro em que a Igreja não só reconhece as uniões civis para os casais do mesmo sexo, como também celebra as suas relações como sinais sagrados sacramentais do amor como a presença manifesta de Deus no mundo. A Igreja deve celebrar a nossa fidelidade, compromisso, perseverança e fecundidade tanto como celebra estas qualidades para as uniões heterossexuais. Se a Igreja apreciasse o tesouro que guarda em potes de barro!”.

“Entretanto”, afirmou Almeida, “as nossas comunidades de todo o mundo anseiam por vislumbres de esperança e afirmação da Igreja, enquanto administram a cota diária de perseguição e violência que lhes infligem enquanto lutam contra os estragos da COVID19”.

“O que também faz com que esta notícia seja assombrosa”, continuou Almeida, “é que, segundo se informa, o Papa diz que ‘os homossexuais têm direito a fazer parte da família’. Isto é inovador vindo do líder da Igreja Católica!” Segundo os boletins informativos, o Papa continua: “São filhos de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deve ser expulso ou sentir-se miserável por isso’.’ Esperamos que por ‘família’, o Santo Padre não só se esteja a referir às famílias de origem das pessoas LGBTIQ, como também às suas próprias famílias escolhidas elegidas ao se dedicarem a amar e cultivar relacionamentos como cônjuges e pais.

Almeida conclui: “Oramos para que a essência do que cita o Papa Francisco seja verdade e que haja uma sensação de mudança radical dentro da Igreja Católica para com as nossas comunidades LGBTIQ em todo o mundo. Os seus fieis membros LGBTIQ, cujas famílias se querem sentir como parte da família católica, anseiam a aceitação e a afirmação”.

Rede Global de Católicos Arco-íris 2020

Sítio Web : www.rainbowcatholics.org               Mail :          media@gnrcatholics.org

Twitter :  GNRCatholics   Instagram : gnrcatholics   Facebook : GlobalNetworkofRainbowCatholics

A Rede Global de Católicos Arco-íris (GNRC) é formada por organizações e indivíduos que trabalham pelo cuidado pastoral e justiça para com as pessoas lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, intersexuais y queer (LGBTIQ) e suas famílias. Trabalhamos pelo reconhecimento, inclusão, dignidade e igualdade desta comunidade na Igreja Católica Romana e na sociedade em geral. La GNRC foi fundada em outubro de 2015, ratificando-se e adotando os seus Estatuto e Regulamentos Internos em Munique-Dachau em dezembro de 2017. A GNRC foi registada oficialmente como uma Organização do Terceiro Setor internacional a 17 de dezembro de 2017.

This entry was posted in Press release and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *